Fluminense na web de torcedores da Fluminense.

todas as finais fla x flu

Criar artículo

Quer criar um artigo? Tente procurar no Buscador o artigo que deseja criar para comprovar que ainda não existe. Em caso de não existir, você poderá criá-lo

Denúncia

Por favor, insira o motivo de denúncia do artigo

Por favor, copie e cole os parágrafos denunciados para ajudar a localização do artigo denunciado. Obrigad@.

todas as finais fla x flu

Enviar a um amigo

A história das finais Fla-Flu

 
Renato vibra com o gol do título em 1995.
 
Amigos, há algum tempo escrevi um texto sobre as decisões de Campeonato Carioca disputadas entre Fluminense e Flamengo na história ("Nos Fla-Flus, é o ai Jesus!"). Nestas onze finais, são 8 vitórias tricolores e 3 triunfos rubro-negros. Desde o ano passado, entretanto, circula pela internet um texto, assinado por um tal Lucas Camargo, defendendo que algumas das partidas "não foram exatamente decisões". Trata-se apenas de uma tentativa torpe de diminuir a acachapante vantagem tricolor na história das decisões Fla-Flu. Este post pretende colocar ponto final no assunto.
 
A primeira decisão Fla-Flu foi a do Campeonato de 1919. O jogo, realizado no recém-construído Estádio das Laranjeiras, teve lotação máxima, e a ilustre presença do Presidente da República Epitácio Pessoa. A situação era a seguinte: campeonato de pontos corridos, o Fla-Flu aconteceu na penúltima rodada, o Fluminense liderava a tabela, e só poderia ser alcançado pelo próprio Flamengo. Com a vitória por 4 a 0, o Tricolor sagrou-se tricampeão carioca, ganhando a posse definitiva da bela Taça Colombo.
 
A segunda decisão Fla-Flu foi a do Campeonato de 1936, realizada numa melhor-de-três, também no Estádio das Laranjeiras. No primeiro jogo, empate em 2 a 2; no segundo, vitória tricolor por 4 a 1; no terceiro, empate em 1 a 1. O campeão Fluminense iniciava ali um período de hegemonia no futebol carioca, que se estenderia até 1941...
 
... ano da terceira decisão entre Flamengo e Fluminense, jogo épico que ficou conhecido como o Fla-Flu da Lagoa. A última rodada daquele Campeonato previa exatamente o encontro entre os dois rivais que lideravam a tabela de classificação. Como o Fluminense possuía melhor campanha (44 pontos contra 43), sagrar-se-ia campeão com um empate. Foi o que aconteceu: o 2 a 2 levou mais uma taça para as Laranjeiras.
 
Print screen do site oficial do Flamengo, sobre a final de 1941.
 
A quarta decisão Fla-Flu, primeira realizada no Maracanã, foi no Campeonato de 1963. É até hoje o maior público da história em um jogo entre clubes, em qualquer esporte: mais de 190 mil presentes. Desta vez, era o Flamengo que possuía a vantagem do empate, e soube utilizá-la: com o zero a zero, o rubro-negro sagrou-se campeão contra o seu maior rival pela primeira vez.
 
Em 1969, o Fla-Flu voltava a decidir o Campeonato Carioca. O jogo, válido pela penúltima rodada, colocava frente a frente os dois únicos concorrentes ao título, o líder Fluminense e o vice-líder Flamengo. Com a vitória por 3 a 2, o Fluminense não poderia mais ser alcançado pelo rival na rodada final. Pela quarta vez em cinco decisões Fla-Flu, o Tricolor levava a melhor.
 
"Última Hora" estampa conquista do Flu sobre o Fla em 1969.
 
Em 1972, o Flamengo sagrou-se campeão em um triangular com Fluminense e Vasco. No primeiro jogo, o Flamengo venceu o Vasco por 2 a 1. Na segunda partida, o Fluminense venceu o Vasco por 2 a 0. Na partida final, o Flamengo venceu o Fluminense por 2 a 1.
 
No ano seguinte, o Fluminense se vingou: com a vitória por 4 a 2 na final contra o Flamengo, sagrou-se como grande campeão carioca de 1973.
 
Em 1983, Fluminense, Flamengo e Bangu disputaram o triangular decisivo do Campeonato Carioca. No primeiro jogo, Fluminense e Bangu empataram em 1 a 1. Na segunda partida, o Fla-Flu era definitivo para as pretensões de ambos os clubes: se o Fluminense não vencesse, estaria eliminado. Se o Flamengo perdesse, estaria eliminado (se empatasse ou vencesse, decidiria o título com o Bangu). Aos 45 minutos do segundo tempo, Assis tocou na saída de Raul, e o Fluminense venceu por 1 a 0. Quatro dias depois, o eliminado Flamengo venceu o Bangu, e o Fluminense pôde finalmente soltar o grito de campeão. (Das oito finais vencidas contra o Flamengo, esta é a única na qual o Fluminense não saiu de campo campeão - caso o Bangu vencesse o Flamengo, haveria um jogo extra entre Fluminense e Bangu.)
 
Em 1984, o triangular decisivo envolvia Fluminense, Flamengo e Vasco. O Fluminense venceu o Vasco por 2 a 0, e o Flamengo venceu o Vasco por 2 a 1. No Fla-Flu final, Assis repetiu a dose do ano anterior, e marcou o gol de mais um título tricolor.
 
Em 1991, o Fluminense conquistou a Taça Guanabara, o Flamengo conquistou a Taça Rio, e assim ambos decidiram o Campeonato Carioca. No primeiro jogo, empate por 1 a 1. No segundo, o Flamengo venceu o Fluminense por 4 a 2, sagrando-se campeão carioca sobre o maior rival, pela terceira vez em sua história.
 
Em 1995, o Flamengo chegou a abrir oito pontos de vantagem para o Fluminense no octogonal decisivo. O Tricolor, no entanto, conseguiu diminuir a diferença paulatinamente. A última rodada reservava o Fla-Flu definitivo: o empate dava o título ao Flamengo, mas o Fluminense conseguiu uma épica vitória por 3 a 2, no famoso jogo do Gol de Barriga. Pela oitava vez, o Tricolor conquistava o Campeonato Carioca sobre o Flamengo.
 
Está demonstrado, portanto, que houve até hoje 11 decisões Fla-Flu no Campeonato Carioca, com 8 triunfos tricolores e 3 vitórias rubro-negras.
 
PC
 
PS: fora do Campeonato Carioca, ocorreu mais uma decisão Fla-Flu, na Taça Guanabara de 1966. Como nessa época a Taça Guanabara era uma competição à parte do Campeonato Carioca, esta também pode ser considerada uma "final Fla-Flu". O Fluminense venceu por 3 a 1 e sagrou-se campeão.
Página criada por mingaldecastro

É provável que esse artigo contenha material da Wikipedia esse material se utiliza de acordo com os termos da licença livre de documentação GNU